Comentários recentes

Votação

Em que estado comprou a sua moto?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

As 5 peças essenciais para andar de moto com segurança

Para andar de moto com a máxima comodidade, existem acessórios muito importantes que um motociclista deve utilizar de forma a zelar pelo seu bem-estar. Saiba quais são as 5 peças essenciais para andar de moto com segurança e nunca a comprometa sob qualquer circunstância.

Na condução de duas rodas, independentemente do seu tipo de moto, a indumentária de um motociclista é de extrema importância para o seu conforto e segurança, uma vez que protege o condutor dos possíveis perigos que possa encontrar na estrada.

Num eventual acidente, a utilização dos acessórios adequados é muito eficaz na prevenção de traumatismos cranianos, na redução da gravidade das lesões e pode até salvar uma vida.

Os acessórios são assim o único elo de ligação entre o condutor, a sua moto e, consequentemente, o asfalto. Como tal, a sua utilização nunca deve ser negligenciada.

Nesse sentido, para andar de moto com a máxima segurança, todos os motociclistas devem equipar-se com os acessórios seguintes:

1. Capacete

 A importância deste acessório é indescritível. Todos os motociclistas devem conhecer quais são as vantagens da utilização de um capacete, pois a sua não utilização pode provocar danos irreversíveis a um rider. O uso do capacete é obrigatório por lei e garante, sem dúvida, uma maior proteção e segurança ao condutor na condução de uma moto.

Atualmente, existem vários tipos de capacetes no mercado das motorizadas, como os capacetes abertos ou modulares, off-road, articulados ou híbridos e curtos e cabe ao motociclista escolher aquele que melhor se adapta às suas necessidades.

Há vários aspetos a considerar na escolha de um capacete para a moto, como por exemplo: a certificação, o ajuste, a forma, o conforto, os forros, a cobertura e as viseiras, entre outros. No entanto, o mais importante é que escolha um capacete que se ajuste à forma da sua cabeça, que seja confortável e que se adeque à sua moto e condução praticada.

2. Protetor visual

A proteção visual é um dos aspetos mais importantes na condução de uma moto. Um motociclista deve proteger os seus olhos em todos os momentos da condução, pois da perda momentânea da visão poderão resultar acontecimentos catastróficos. Para que tal não aconteça, é necessário que o condutor tenha uns óculos que o proteja do sol, do vento, das poeiras e até dos mosquitos, ou escolher um capacete que ofereça a cobertura total do casco, com uma viseira anti-risco e que não deixe embaciar. Dessa forma, para que a sua segurança nunca esteja comprometida, um motociclista deve ter a sua visão protegida, mas também deve ter a capacidade de ver tudo o que se está a passar na estrada e ao seu redor.

3. Casaco de couro

O casaco de couro é um dos elementos obrigatórios na indumentária de um motociclista. A sua utilização não se deve a uma questão de estilo, mas sim a uma necessidade de proteção. Trata-se de um dos materiais mais resistentes do mercado e isso faz dele um dos mais apetecíveis e apreciados. Um casaco de couro permite agasalhar todos os motociclistas do frio e ajuda-os a enfrentar as más condições climatéricas. Sempre que vestir um casaco de couro deve também utilizar camisolas de manga comprida de modo a proteger melhor os seus braços.

4. Luvas

As luvas têm uma dupla função: protegem as mãos das más condições atmosféricas e evitam que o suor impeça a travagem. É muito importante adquirir umas luvas que se adaptem exatamente ao formato da mão do motociclista e que sejam fáceis de colocar e retirar. As marcas de luvas mais conhecidas são: ASW, FOX, Acerbis, Kaerre, Oneal, Thor e Pro Grip.

5. Botas

As botas de um motociclista são um dos acessórios fundamentais na proteção dos pés e tornozelos de todos os riders. São muito utilizadas pelos motociclistas de competição e são facilmente adquiridas numa loja de motos especializada ou através da internet (até é possível comprar uma moto online). Ao adquirir umas botas, deve verificar o estado das costuras, do couro e das proteções de plástico, pois essa é a melhor maneira de obter umas botas com qualidade.