Comentários recentes

Votação

Em que estado comprou a sua moto?
Novo
37%
Semi-novo
27%
Usado
32%
Vintage
4%
Votos totais: 285

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

Como conhecer a sua moto

A condução de um veículo de duas rodas implica que um moto rider tenha um conhecimento profundo acerca do funcionamento de uma moto e das suas peças constituintes. Conheça a sua moto ao realizar a manutenção das suas peças principais: assim a condução será o mais segura possível.

A importância de cuidar da moto

Houve uma época em que os motociclistas necessitavam de muitos conhecimentos técnicos de mecânica, pois as suas motos davam muitos problemas que precisavam de ser corrigidos. Atualmente, as motos modernas apresentam um design e uma qualidade de produção extraordinários e isso faz com que elas sejam muito mais confiáveis. No entanto, isso não significa que não deva conhecer o funcionamento de uma moto e das suas peças constituintes. Antes pelo contrário. Ao conhecer bem a sua moto, estará a garantir o bom funcionamento do veículo, a sua segurança e estará a reduzir as possibilidades de sofrer um acidente ou uma fatalidade na estrada.

A manutenção de uma moto

Para conhecer bem uma moto, é necessário saber se ela está apta ou não a ser conduzida. Como tal, um moto rider deve saber fazer uma manutenção regular à sua moto e peças constituintes, para que o seu veículo de duas rodas esteja sempre em ótimas condições de utilização para a realização de uma viagem. Dos vários componentes que constituem uma moto e que devem ser inspecionados com periodicidade, destacam-se os seguintes:

Os pneus da moto

Antes de realizar uma viagem, por muito pequena que ela seja, é necessário verificar em que estado se encontram os pneus de uma moto e se estão em condições de serem utilizados no asfalto. Muitas vezes, os pneus têm um prego, parafuso ou outra peça de metal no seu revestimento exterior e, como tal, precisam de ser imediatamente reparados e/ou substituídos. Caso não o faça, os pneus poderão rebentar e os custos de substituição serão muito maiores.

Um moto rider deve ter a experiência de condução necessária e o conhecimento suficiente para verificar se um pneu está gasto e se precisa ou não de ser substituído. Um pneu traseiro pode estar pronto a ser substituído antes de ter atingido a marca indicadora de substituição se o motociclista tiver realizado muitas derrapagens e cavalinhos com a sua moto. Por outro lado, os pneus dianteiros desgastam-se com uma maior facilidade se forem usados em travagens bruscas, principalmente pelas motos desportivas, dado que estas utilizam compostos mais macios nos pneus dianteiros.

Também é de realçar que a pressão dos pneus de uma moto é um dos aspetos mais importantes da sua manutenção. Nem todos os medidores de pressão são exatos mas, todas as semanas, o motociclista deve verificar se os níveis da pressão dos pneus estão iguais aos que são apresentados no manual do fabricante.

As rodas da moto

Passar com as rodas em cima de um buraco, subir um passeio ou os carris das passagens de nível pode rachar ou partir as rodas de uma moto. Para que tal não aconteça, é necessário inspecionar a moto com regularidade. Levante as rodas do chão e verifique se os rolamentos estão bem selados e ajustados.

A suspensão da moto

Para que a moto esteja sempre operacional, é preciso que um moto rider saiba como ajustar o sistema de amortecimento de compressão. Ao fazê-lo, a suspensão estará sempre ajustada e equilibrada, o que lhe permitirá controlar a sua moto e a forma de a conduzir.

O óleo e o refrigerante da moto

Um dos aspetos mais importantes para o funcionamento de uma moto está relacionado com o óleo e o refrigerante que ela utiliza. Um motociclista deverá saber como está o nível do óleo do motor da moto, a quantidade de refrigerante que tem e se já foi efetuada alguma mudança de fluído. Por outro lado, também é muito importante que todos os moto riders procurem o óleo mais adequado para a sua moto, pois, ao fazê-lo estarão a garantir uma maior longevidade do motor.

As alavancas e os pedais da sua moto

As motos têm ao alcance das mãos e dos pés dos moto riders determinados manípulos que influenciam radicalmente a forma de condução de um veículo de duas rodas. É o caso da embraiagem, dos travões e do acelerador. Assim sendo, os motociclistas devem verificar em que estado se encontram as alavancas e os pedais de uma moto para obterem um melhor controlo sobre os seus cabos principais. Também é de destacar que as alavancas e os pedais de uma moto podem ser posicionados ou ajustados para um melhor desempenho e controlo do veículo na estrada.

O sistema de travagem de uma moto

Os travões de uma moto devem ser substituídos segundo a informação que consta no manual do fabricante. É verdade que os travões de uma moto podem durar o dobro do tempo estimado, no entanto, os motociclistas não devem arriscar e esperar tanto tempo. Para que o sistema de travagem de uma moto esteja sempre em ótimas condições de utilização, é necessário que um moto rider saiba verificar o estado das pastilhas e do líquido de travagem. Uma das melhores alternativas para proteger e poupar o sistema de travagem de uma moto passa pela adição de almofadas de maior atrito. Assim, conseguirá preservar o estado dos travões, aumentando a sua longevidade.

O sistema elétrico de uma moto

Os motociclistas devem certificar-se que o sistema elétrico de uma moto está em ótimas condições e, como tal, devem verificar se as luzes estão a funcionar corretamente, como por exemplo, os médios e as luzes dos travões. Assim, eles serão mais facilmente identificados na estrada e não colocarão a sua segurança em perigo. Por outro lado, os moto riders também deverão saber se a utilização de acessórios extra, como o Bluetooth, o GPS, entre outros, vai prejudicar de alguma forma o sistema de carregamento e distribuição de energia da moto. Tenha em consideração que a utilização deste tipo de acessórios pode distrair os motociclistas do ato de conduzir e na estrada qualquer distração pode ser fatal.

Andar de moto em grupo ou de uma forma individual é assim uma experiência exclusiva e extraordinária e o conhecimento que os motociclistas têm da sua moto e a manutenção regular das suas peças principais é determinante para saber estar na estrada em segurança.