Comentários recentes

Votação

Em que estado comprou a sua moto?
Novo
37%
Semi-novo
27%
Usado
32%
Vintage
4%
Votos totais: 285

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

A Honda CR & CRF

A CR & CRF são duas linhas de produção da Honda bastante apreciadas pelos motociclistas mais radicais, que procuram um desporto off-road de aventura. Conheça a Honda CR & CRF e retire a máxima adrenalina e emoção da competição de duas rodas.

A série CR da Honda

A série CR da Honda representa uma das linhas de produção mais vibrantes e apaixonantes da marca japonesa e é nela que se encontram os modelos off-road a dois tempos. Tratam-se de motos todo-o-terreno (TT) que foram desenhadas exclusivamente para serem utilizadas em percursos sinuosos, daí o motivo de serem bastante apreciadas na prática do Motocross e em outras competições semelhantes. Elas são conhecidas por levarem os motociclistas ao êxtase, tal é a emoção e a adrenalina que a condução de um dos seus modelos proporciona. Dos modelos mais importantes que a série construiu, o destaque vai por completo para os modelos CR 125 e 250, que sempre tiveram uma prestação brilhante e inconfundível na estrada.
A série CR da Honda começou a sua produção na década de 60 e, atualmente, encontra-se descontinuada desde o ano de 2008. Isto aconteceu devido ao desenvolvimento da tecnologia, que fez com que a série CR evoluísse para uma outra série com modelos mais modernos e atuais, a CRF.

A Honda CR 125

O modelo CR 125 foi um dos mais bem conseguidos da série CR da Honda e a sua comercialização foi um sucesso mundial. Esta é uma moto que foi projetada para uma utilização off-road, mas o que sucedeu na prática é que este modelo projetou o segmento off-road na mente de milhares de riders. A CR 125 foi a responsável por trazer milhares de motociclistas à prática do Motocross, Enduro, Cross Country, Trial, entre outras modalidades, e esse é o motivo principal pelo qual ela é um verdadeiro fenómeno.

Atualmente, a CR 125 continua a ser muito apreciada pela comunidade motociclística mais aventureira e, apesar de já não ser produzida, é comum encontrá-la em comercialização nas lojas de motos ou até mesmo online.

As características técnicas da Honda CR 125

A Honda CR 125 obedece a uma linha de produção específica e as suas características são a prova disso mesmo. Das mais importantes, destacam-se as seguintes:

  • Apresenta um motor mono cilíndrico, de dois tempos, compacto e leve, com 125 cm3 e arrefecido por líquido. Tem uma potência máxima de 41,5 hp às 11.500 rpm;
  • Tem uma caixa de 5 velocidades, um sistema de arranque eletrónico e uma ignição do tipo digital CDI;
  • Ostenta 2,173 m de comprimento, 0,823 m de largura, 1,271 m de altura e um peso total de 87,5 kg, o que a transforma numa moto de competição muito ágil;
  • A suspensão frontal é constituída por uma forquilha invertida Kayaba com bainhas de 46 mm e 20 posições ajustáveis. Por outro lado, a suspensão traseira tem um sistema de amortecimento Pro-Link Kayaba ajustáveis em pré-carga;
  • Na dianteira apresenta travões de disco único de dois pistões e diâmetro de 240 mm, ao passo que na traseira, utiliza o disco com acionamento por pistão simples, com 240 mm de diâmetro;
  • Os pneus frontais da CR 125 têm a medida de 80/100-21, ao passo que os traseiros são de 100/90-19.

A série CRF da Honda

A série CRF é uma linha de produção de quatro tempos das motos TT que foram manufaturadas e comercializadas pela Honda. Tratam-se de motos que foram construídas para proporcionarem uma melhor performance nos pisos mais irregulares e isso faz as delícias dos motociclistas mais radicais. A linha CRF foi lançada em 2002, como sucessora da série XR (Link para o artigo A Honda XR) e os seus modelos estão disponíveis nas cilindradas 149 CC e 649 CC. Nesta série, as motos mais populares e que mais se têm evidenciado são as Hondas CRF 250R e 450R, que têm tido um papel fundamental no desenvolvimento do segmento das off-road.

A série CRF eleva o patamar competitivo do motociclismo mundial a um nível que antes nunca havia sido experienciado e isso faz toda a diferença em relação às demais.

A Honda CRF 450R

A Honda CRF 450R é uma das motos TT mais completas e espetaculares e é capaz de conduzir um motociclista a um maior domínio sobre cada curva e cada salto de um determinado percurso. Esta é um tipo de moto que traz consigo todas as emoções do motociclismo off-road de aventura e destina-se a todos os motociclistas que têm no seu sangue o ADN da competição.

A Honda CRF 450R teve um crescimento meteórico na sua série e isso deve-se aos excelentes resultados que foram conseguidos nas pistas de motocross, supercross, bajas, entre outras, onde arrasou a sua concorrência.

Trata-se de uma moto rápida, eficaz, potente e dinâmica que oferece as melhores garantias para a prática de qualquer tipo de competição off-road.

As características principais da Honda CRF 450R

A Honda CRF 450R é uma moto de competição que é reconhecida em qualquer parte do mundo, através da observância das suas características principais. São elas:

  • Apresenta um motor mono cilíndrico, de quatro tempos em linha DOHC e 16 válvulas, que alcança a potência máxima de 56 cv às 9.000 rpm. Ele apresenta um propulsor com 449,63 cm3 e é arrefecido por líquido;
  • Tem um quadro de dupla trave em liga de alumínio, o que permite uma redução do seu peso e um aumento da sua rigidez;
  • Tem uma caixa de 5 velocidades, um sistema de arranque eletrónico e também a pedal, e uma ignição do tipo digital CDI;
  • Apresenta um desenho ergonómico e revolucionário que proporciona uma posição de condução mais “aberta” e fácil. O assento na zona junto ao depósito é mais plano, o que atribui uma maior liberdade de movimentos ao condutor;
  • Na suspensão dianteira, apresenta uma forquilha invertida Showa e um braço oscilante de 315 mm de curso. Por outro lado, a suspensão traseira tem um sistema de amortecimento Pro-Link Showa que lhe garante uma maior resposta em qualquer tipo de salto e impacto;
  • Os travões frontais são de disco único de dois pistões e diâmetro de 240 mm. Ao passo que na traseira, utiliza o disco com acionamento por pistão simples, com 240 mm de diâmetro;
  • Tem um novo Kit de competição HRC que oferece um sistema de programação de fácil utilização, com dados preciosos para a melhor afinação da moto em todas as situações de corrida.