Comentários recentes

Votação

Com que frequência anda de moto?

Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades.

A Honda VFR750 F & VFR800 F & VFR1200 F

A série VFR da Honda é uma série intemporal e ficará gravada para sempre na memória de todos os motociclistas. Conheça a história da Honda VFR750 F & VFR800 F & VFR1200 F e compreenda o sucesso que estes modelos tiveram e continuam a ter no motociclismo mundial.

As séries VF e VFR da Honda

As séries VF e VFR foram linhas de produção específicas da Honda que comercializaram vários modelos de motos com um motor V4. O VF é uma sigla que significa “Vee-Four” e alude à potência do motor, ao passo que o conceito VFR tem o significado de “Vee-Four Racing”, que alia a potência das motos às corridas.

O motor V4 foi lançado no início da década de 80 e foi o elemento de destaque na apresentação das séries VF e VFR. A sua produção compreendeu vários modelos entre as cilindradas 400 CC e 1100 CC e a potência destes motores alterou, por completo, o motociclismo mundial e os gostos dos riders mais exigentes.

A Honda VFR750 F

A Honda VFR 750 F é um tipo de moto desportiva de turismo que foi produzida entre 1986 e 1997. Foi introduzida no mercado como uma nova versão dos modelos VF 700/750 F e tinha como objetivo melhorar a imagem da marca e reforçar o motor V4 como um dos mais fidedignos do mercado.

Os primeiros modelos, nomeadamente a VFR 750 FG/H, foram desenvolvidos em 1986 e 1987 e trouxeram consigo prestações fantásticas para as motos de 750 CC.

Seguiram-se outros modelos, como a VFR 750 FJ/K (1988/1989), a VFR 750 FL/M/N/P (1990 a 1993) e a VFR 750 FR/S/T/U (1994 a 1997) que asseguraram à Honda uma posição de destaque no segmento das motos desportivas de turismo.

A VFR 750 F cessou a sua produção em 1998 e a sua sucessora foi a VFR 800 F, que tem ainda mais potência.

As características principais da Honda VFR750

A Honda VFR 750 é uma moto que tem as suas próprias características. Das mais importantes, ressalvam-se as seguintes:

  • Apresenta um motor V4 de 4 cilindros em linha DOHC, quatro tempos, com duplo comando de válvulas, que alcança a potência máxima de 110 CV às 10.500 rpm. Trata-se de um motor leve e comprimido e apresenta um propulsor de 748 cm3, com refrigeração líquida, que lhe permite atingir a velocidade máxima de 255 km/h;
  • A alimentação é mediante um sistema de injeção eletrónica, tem ignição eletrónica e a caixa de velocidades é manual com 6 velocidades;
  • Apresenta 2,085 m de comprimento, 0,7 m de largura, 1,032 m de altura e um peso total de 185 kg, o que a transforma numa moto com enorme presença na estrada;
  • A suspensão dianteira apresenta um garfo telescópico e apresenta um curso do eixo de 120 mm. Por outro lado, a suspensão traseira apresenta um mono-amortecedor com um curso do eixo de 120 mm;
  • Os travões dianteiros apresentam um conjunto de dois discos de 310 mm e um disco de 220 mm de diâmetro na roda traseira, o que proporciona uma travagem com a máxima eficácia;
  • A VFR750 da Honda apresenta pneus tipicamente utilizados nas motos desportivas, isto é: 120/70-17 (pneu frontal) e 170/60-18 (pneu traseiro).

A Honda VFR 800 F

A VFR 800 F é um modelo da Honda que começou a ser comercializado no ano de 1998 e ficou conhecido como “Interceptor” nos Estados Unidos da América (EUA) e “VFR” no Reino Unido. Esta moto desportiva surgiu mais evoluída que a anterior (VFR750 F) e vai ao encontro dos gostos de todos os amantes das grandes velocidades.

O seu aparecimento é também uma resposta aos modelos mais leves e competitivos que haviam sido apresentados pela concorrência, nomeadamente a Triumph e a Ducati.

A Honda VFR 800 F é assim um modelo com uma enorme potência, que se distingue dos demais pelo conforto e flexibilidade que proporciona a todos os riders.

Ao longo dos anos e graças aos avanços da tecnologia, foram realizadas várias alterações significativas a este modelo. Introduziram-se novos conversores, sensores de oxigénio, ABS, DCBS, um sistema VTEC para melhorar a eficiência interna dos 4 tempos do motor e foram feitas outras remodelações com o intuito de aperfeiçoar este exemplar.

Atualmente, a Honda VFR 800 é um modelo que continua a ser vendido e, apesar de ter um sucessor (VFR 1200 F), continua a fazer as delícias de todos os motociclistas aventureiros.

As principais características da Honda VFR 800 F

A Honda VFR 800 F apresenta algumas características únicas que a identificam em qualquer parte do planeta. Tomemos como exemplo as características de um dos seus últimos modelos:

  • Apresenta um motor V4 de 4 tempos, 4 cilindros em linha VTEC DOHC e 16 válvulas, que alcança a potência aproximada de 110 cv e uma velocidade máxima de 265 km/h. Ele é comprimido e leve e apresenta um propulsor de 782 cm3, arrefecido por liquído a 90 graus e com um sistema de injeção eletrónica multiponto PGM-FI;
  • A alimentação é mediante um sistema de injeção eletrónica, a caixa de velocidades é manual com 6 velocidades e tem a ignição do tipo digital CDI;
  • Apresenta 2,120 m de comprimento, 0,735 m de largura, 1,195 m de altura, um peso total de 218 kg e dista do chão ao assento 0,805 m, o que a transforma numa das motos mais robustas do asfalto;
  • A suspensão frontal apresenta uma forquilha telescópica invertida, com bainhas de 43 mm de diâmetro. Dispõe de um sistema de cartucho HMAS e apresenta um curso do eixo de 120 mm. Por outro lado, a suspensão traseira apresenta um sistema Pro-Link individual que melhora a estabilidade nas curvas;
  • Os travões dianteiros apresentam um conjunto de dois discos de 296 mm e um disco de 256 mm de diâmetro na roda traseira, o que proporciona uma travagem eficaz.

A Honda VFR 1200 F

A VFR 1200 F da Honda surgiu no ano de 2009 com o objetivo principal de criar uma moto de turismo desportiva, com capacidade para percorrer grandes distâncias. Este modelo contou com o trabalho dos melhores designers e trabalhadores do mundo da engenharia motociclística, sendo que alguns já haviam estado envolvidos na construção da CBR 1100 XX, SuperBlackbird. Em conjunto, tinham a intenção/tarefa e a responsabilidade de produzir a moto desportiva mais sofisticada de sempre.

A construção da VFR 1200 F ultrapassou em larga escala as versões anteriores e é reflexo da evolução lenta, mas obrigatória, da marca. A centralização das massas, o controlo consumado do condutor e a eficiência aerodinâmica foram os conceitos principais a serem trabalhados e, a partir destas premissas, a máquina conseguiu evoluir.

Trata-se de uma moto que foi concebida para dar ao condutor a alta velocidade, a aceleração rápida e a sensação de condução segura e decidida. A sonoridade do motor da VFR 1200 F é uma característica muito peculiar das motos V4 desportivas e o seu “roncar” proporciona um sentimento de poder único a todos os motociclistas.

Com a Honda VFR 1200 F, o condutor e o passageiro passam a ter a sensação de “estarem dentro da moto”, em vez de estarem em cima dela e este contacto próximo é determinante para catalogar este modelo como um dos melhores de sempre no segmento das motos desportivas de turismo.

As características principais da Honda VFR 1200 F

A VFR 1200 F é um dos modelos da Honda mais recentes que foi lançado no mercado de duas rodas. Todavia, para os que não conhecem a sua qualidade, as suas características falam por si. São elas:

  • Apresenta uma tecnologia de carenagens por camadas que trabalha uma gestão otimizada do fluxo de ar e da gestão do calor. O ar que entra pelas camadas é canalizado nas direções em que é somente necessário, o que melhora a estabilidade da moto a alta velocidade e também permite o arrefecimento correto do motor, afastando-o do condutor e do passageiro;
  • Apresenta um motor V4 de 4 tempos, 4 cilindros em linha DOHC e 16 válvulas. Ele é comprimido e leve e apresenta um propulsor de 1237 cm3, arrefecido por liquído a 76 graus e com um sistema de injeção eletrónica multiponto PGM-FI;
  • O quadro, as suspensões e os componentes da transmissão estão fundidos numa configuração única, criando uma superfície suave, unificada e aerodinâmica, o que facilita a aceleração e a estabilidade. Apresenta um quadro de configuração de diamante, de dupla trave, em alumínio muito leve e compacto;
  • Apresenta 2,250 m de comprimento, 0,755 m de largura e 1,220 m de altura, um peso total de 267 kg e uma média de consumo de 15,5 km/l;
  • A suspensão frontal apresenta uma resistente forquilha telescópica invertida com bainhas de 43 mm de diâmetro e com regulação da pré-carga, o que oferece um controlo suave e seguro. Tem um sistema de cartucho HMAS e apresenta um curso do eixo de 120 mm. A suspensão traseira apresenta um amortecedor traseiro Pro-Link, com regulação do amortecimento em extensão;
  • Os travões dianteiros apresentam um conjunto de dois discos de 320 mm, com pinças de 6 pistões e um disco de 276 mm de diâmetro na roda traseira, o que proporciona uma travagem imediata. O Sistema de Travagem Combinada produz um ótimo equilíbrio entre as forças de travagem dianteira e traseira. Para todos os interessados, este modelo dispõe do sistema de travagem ABS.